Estudantes de Santa Catarina estão entre os 20 melhores do mundo em robótica

SHARE
, / 3354 0

Um robô desenvolvido por dez alunos do Sesi Escola de Brusque, Santa Catarina, uma entidade da Fiesc, ficou na 18a posição no torneio internacional de robótica First Lego League (FLL), nos Estados Unidos. Feito de lixo eletrônico reutilizável, equipado com controle remoto e caracterizado com trajes típicos da Alemanha, em referência à imigração alemã no estado, o robô da equipe catarinense se destacou entre os trabalhos de 106 equipes de estudantes de vários países, incluindo outros dois grupos brasileiros, de São Paulo e Paraná.

O FLL é um programa internacional criado para despertar o interesse de crianças e jovens em temas como ciência e tecnologia. O desafio desta edição foi criar propostas para lidar com o lixo a partir de uma solução inovadora. Os robôs autônomos cumpriram missões na mesa de competição, como, por exemplo, levar determinado tipo de lixo para um aterro. Usando peças de Lego, os jovens foram avaliados pelo design mecânico, programação, estratégia e inovação, além dos valores éticos e profissionais.

Comments

comments

PASSWORD RESET

LOG IN